Campo Belo e Cerro Negro no foco de Moisés

Edson Varela - 779

Não. O governador Moisés, na sua agenda desta quinta-feira, 09, em Lages e durante a sexta-feira, 10, não tem presença nos municípios de Campo Belo do Sul e Cerro Negro. Mas quando estiver em Urupema, nesta sexta-feira, 10, lançará um programa que interessa e trará repercussões para a comunidade desses dois municípios da Região dos Lages. Trata-se do Plano Estadual de Desenvolvimento Humano que será lançado durante a passagem do governador pela Serra Catarinense.

A história desse plano é interessante. Com acesso aos dados de IDH dos municípios serranos, Moisés chamou o Tenente Coronel Frederich Rambusch, que atuou por longo tempo na PM em Lages antes de passar a dar expediente no gabinete do governador, e pediu a elaboração de um plano que permitisse aporte de recursos e ações práticas para as pessoas, visando minimizar esses índices de desigualdade registrados no IDH.

A partir disso, Rambusch, auxiliado pelo Assessor de Governo, Lucas Neves, levantaram as demandas junto aos prefeitos. Houve diálogo com a prefeita Claudiane Pucci, prefeito Ademilson Conrado e outros cujos municípios serão abrangidos pela iniciativa. Nesta sexta-feira, 10, o plano será lançado. A construção de moradias é o primeiro foco. Pela primeira vez um governador, diante dos índices de desenvolvimento humano (IDH) baixos em alguns municípios, toma medidas práticas, efetivas e que farão diferença às pessoas. Ou seja, vai-se além de discurso e de promessas. É isso que a nossa região também precisa. É isso que, pelo informado, está se fazendo!


Prefeito Ademilson com o governador Moisés e o retorno para Cerro Negro

AINDA NA AGENDA - Outra parte da agenda do governador Moisés, nessa frequentada na Serra Catarinense, e que interessa aos nossos conterrâneos aqui da Região dos Lagos é a colocação dos pavimentos 01 e 02 do Hospital Tereza Ramos em funcionamento. Na boca da noite desta quinta-feira, 09, está prevista a visita de Moisés na instituição de saúde quando também o novo tomógrafo, já instalado, será colocado em funcionamento. O instrumento fará exames gratuitos à população. Bom também!

USINA DE ASFALTO - Tem uma história interessante envolvendo os bastidores da Usina de Asfalto que a Amures desenhou para atender todos os municípios da região. Bateu-se à porta do Governo do Estado pedindo ajuda para compra de um equipamento. Algo inferior a R$ 2 milhões. Analisou-se o pleito e a decisão foi por viabilizar todos os itens necessários à usina, num valor na ordem de R$ 10 milhões. Na passagem por Lages nesta quinta-feira, 09, o governador irá assinar esse repasse, cuja usina de asfalto funcionará na área da antiga empresa Novosul, para atender todos os municípios. Anita, Cerro, Campo Belo, Capão Alto, todos os municípios poderão ter asfalto a valor mais em conta para pavimentações de vias.

MOISÉS EM ANITA - Indagamos o Assessor de Governo, Lucas Neves, se não havia previsão do governador, nesta agenda de quinta e sexta em Anita Garibaldi para conferir a obra da SC-390. Naturalmente a gente insiste nisso porque tem esperança que, quando visitar Anita, Moisés anuncie o asfaltamento do trecho urbano da rodovia, que não consta no projeto. Lucas nos disse que essa agenda aqui na Região dos Lagos acontecerá quando da visita do governador a Campos Novos, que está prevista para os próximos dias.

POR SINAL - Na agenda do governador Moisés nesta sexta-feira, 10, no município de Bom Jardim da Serra, um dos itens a serem anunciados é a revitalização e novo asfalto na SC-390. Isso no trecho que corta a área urbana de Bom Jardim. Seria oportuno o prefeito João Cidinei bolear a perna e acompanhar o ato e, na sequência cochichar no ouvido do governador: "Isso que o senhor está anunciando e custeando em Bom Jardim, é exatamente o que precisamos em Anita Garibaldi. Pode incluir usar a mesma concepção do projeto".


Nesse registro o prefeito João Cidinei apresentando o pedido da travessia ao governador Moisés. Ao fundo o prefeito Pedro Ostetto (Bom Jardim) com demanda idêntica

PROCESSO - Sete anos depois da operação Águas Limpas que inclusive levou o ex-prefeito de Lages, Elizeu Mattos à prisão, saiu sentença. Há outro anitense no rol de acusados que acabaram levando uma condenação que, somada, chega a 83 anos de prisão. Houve ainda uma multa solidária entre os denunciados pelo MP que totaliza R$ 2.600.000,00. Das condenações cabem recursos e o processo corre em segredo de justiça.

DEPUTADO FABIANO - Quarta-feira, 08, foi dia de agenda do deputado Fabiano da Luz aqui na Região dos Lagos. Depois de agendar a reunião de gestores dos hospitais de Campo Belo e Anita na Casa Civil, o parlamentar veio ao hospital Nossa Senhora do Patrocínio para tratar da aquisição do aparelho de Raio-X e da construção da nova lavanderia. Na peregrinação aqui pela região ainda consta contatos em Anita Garibaldi, Cerro Negro, Abdon Batista e Celso Ramos. Fabiano da Luz (PT) tem, cada vez mais, atuado na defesa de algumas causas regionais deste canto do mapa catarinense. E se é para ajudar, sempre será bem-vindo!


Deputado Fabiano da Luz neste registro de arquivo com lideranças de Cerro Negro que protocolaram demandas no gabinete do parlamentar

GOLPE DO PIX - Ministério Público da Comarca de Anita Garibaldi, naquele poder/dever de acompanhar situações de anormalidade que envolvem a gestão pública, avaliou o golpe aplicado contra a Prefeitura de Abdon Batista. A partir de coleta de dados, informações e análises, decidiu-se pelo arquivamento do procedimento. Não haveria indícios de postura negligente dos gestores municipais que levassem à situação. Assim, não há de se falar num relatório de CPI (aberta na Câmara de Abdon) que possa causar algum problema ao prefeito Dile e equipe. A Promotoria já está atestando a ausência de culpa no episódio. Sempre fica, é claro, o alerta para reforçar cautelas porque isso, quando envolve dinheiro público, nunca é demais!

DOS LAGOS PELO BRASIL - Foi um 7 de Setembro atípico, mas sem recolhimento. Lideranças da Região dos Lagos se integram à mobilização que pediu por democracia, defesa das liberdades e apoio ao Presidente Bolsonaro. Cerro Negro fez tratorada. Campo Belo também fez mobilização. Houve lideranças indo a Lages e Florianópolis participar dos atos. Guilherme Peixe (Campo Belo) e Henrique Menegazzo (Anita) aderiram à mobilização que levou centenas de pessoas à Avenida em Lages. Prefeita Milena Lopes (Vargem) colocou a bandeira do Brasil nas costas e participou da mobilização gigante em Florianópolis, inclusive com a pregação de 'O Brasil acima de tudo e Deus acima de todos'. Tudo muito organizado, de forma pacífica e tranquila se evidenciou a insatisfação com aquilo que está posto. Desdobramento de tudo isso a gente não sabe, mas o recado está dado: Há inconformismo e defesa de um País melhor para todos. Pelo menos do ponto de vista daqueles que foram às ruas!


Nesta sequência de registros, Guilherme Peixe, Henrique Menegazzo e prefeita Milena e a exteriorização da defesa das causas do País

POR OUTRO LADO... - A Frente Fora Bolsonaro, coletivo suprapartidário que envolve integrantes de partidos de esquerda, movimentos sociais, juventude e pessoas que não têm ligação com partidos ou organizações, realizou uma ação solidária dentro da programação do Grito dos Excluídos. Iniciativa reforça a ausência de direitos básicos, como saúde, moradia, comida, trabalho e renda. Com atuação regional, no 7 de Setembro o grupo efetuou entrega de alimentos a pelo menos 200 famílias num dos bairros mais carentes de Lages.


Grito dos Excluídos: Por comida e fora Bolsonaro



Imagens




correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos