A obra das obras em Vargem

Edson Varela - 775

Tem sua razão de ser a faceirice da prefeita Milena Lopes depois de testemunhar presencialmente a retomada das obras de implantação da Usina São Roque ali da fronteira de Vargem com São José do Cerrito no Rio Canoas. É de fato o maior empreendimento hidrelétrico em implantação neste momento em âmbito de Brasil com previsão de entrar em operação na metade do ano que vem, conforme amplamente noticiado.

Esse tipo de investimento reforça o ânimo do gestor público porque se constitui o testemunho do empreendedor de que vale a pena acreditar, apostar e aportar. Ali estarão, depois de pronta, um total de R$ 1,1 bilhão investidos para garantir retornos em impostos, royalties e geração de empregos. Porque de Abdon a Anita, de Vargem ao Cerrito, Cerro Negro, Campo Belo, Capão Alto e Celso Ramos, enfim, os nossos confins neste canto do mapa catarinense, todos somos conscientes da importância desses investimentos em energia para o País, com reflexo na economia aos nossos municípios.

A gente não fecha os olhos para um incômodo aqui e acolá aos donos de terras afetadas, mas há confiança no entendimento e senso de justiça até porque não há como chegar a algum resultado sem se enfrentar alguma situação adversa. Que a Região dos Lagos siga colhendo resultados da crença dos investidores no setor energético até porque, se não construídas aqui, em alguma parte do Brasil essas usinas serão levantadas!

POR FALAR EM USINA... - Campo Belo do Sul e Capão Alto terão uma usina para chamar de sua. Trata-se da PCH Vacas Gordas cuja licença ambiental e instalação (LAI) recebeu aprovação do IMA (antiga Fatma). O empreendimento ali nas quebradas do rio Vacas Gordas, divisa dos dois municípios, terá investimento de R$ 55 milhões e previsão de geração de quase 10 MW. É 14 vezes menor que a Usina São Roque, mas a PCH Vacas Gordas terá fôlego para gerar energia suficiente para atender uma população equivalente aquela do lado catarinense da Região dos Lagos.

CPI DE ABDON - Mais que buscar culpados, trabalho dos vereadores de Abdon Batista buscou levantar informações para prevenir eventuais novos golpes contra as finanças do município, como no caso daquele do PIX. Vereador Alfredo Palavro observa, por exemplo, que os golpistas tiveram acesso a alguma informação privilegiada para aplicar o golpe. Da mesma forma, chegou-se à conclusão que o IP (endereço utilizado para infectar o computador) foi localizado em Miami (EUA). Significa que os bandidos poderiam nem estar no Brasil na hora da aplicação do golpe. "Tudo está sendo colocado no relatório. Mas o importante é fazer esse levantamento e que isso sirva de orientação e alerta para proteger aquilo que é público e sagrado, no caso as finanças do município", cita Palavro.

SINALIZA CAMPO BELO - Bom exemplo vem do interior de Campo Belo do Sul na iniciativa de colocação de placas indicativas nas localidades do interior. A sinalização está sendo colocada em locais estratégicos dando visibilidade e orientação para quem percorre as diversas regiões do município. A iniciativa orienta e valoriza, transmitindo uma visão de respeito aos que residem além da sede. Ideia da prefeita Claudiane Pucci é levar a providência à maior quantidade possível de localidades. Que sirva de exemplo!

PONTE TRÍPLICE - Como é bom ver gestores convergindo para um mesmo propósito. Prefeitos Ademilson Conrado (Cerro Negro), Dirceu da Silva (Cerrito) e Claudiane Pucci (Campo Belo) conferiram um pré-projeto para construção de uma ponte orçada em R$ 5 milhões sobre o rio Caveiras. A obra eliminaria duas balsas e facilitaria a vida de várias comunidades. Ideia é buscar apoio do governador Moisés, deputado Marcos Vieira e de outras lideranças. Se for para tornar realidade uma empreitada dessas, não importa o parceiro, o importante é a obra em si.

TROCA DE FARPAS - Nessa coisa de que, estrategicamente, o importante é estar no debate o ex-governador Colombo foi para a rede social criticar o governo Moisés pela atualização da média que teria repercutido no preço dos combustíveis. Bastou isso para vir uma nota tratando a afirmação (não citando diretamente Colombo) como falsa. Episódio serviu para clarear uma realidade. Quem abastece ali em Pinhal da Serra ou Esmeralda paga 30% de ICMS sobre o combustível. Do lado de cá do Rio Pelotas o percentual é de 25% de ICMS. E isso não mudou e nem mudará. Mas não faltarão farpas nos debates nos próximos 14 meses!

QUARTETO DO PSD - Na peregrinada de Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, em Santa Catarina, a sigla colocou mais um nome na lista dos pré-candidatos a governador. Além de Colombo, Napoleão e João Rodrigues, agora foi escalada Adeliana Dal Pont para a tarefa. Entretanto, é um quarteto de onde sai Colombo para a disputa, visto de João Rodrigues não concorre a governador e Napoleão ou Adeliana são nomes para compor como vices numa outra chapa. Ou seja, o caminho é Colombo a governador ou outro nome como vice, embora a essas alturas caiba qualquer discurso.

ALIÁS, OUVIMOS ESSA... - "De Anita Garibaldi, com aquela estrada que parou não se sabe porque, até Urubici numa obra complexa e simbólica que é a pavimentação da Serra do Corvo Branco, o que (Raimundo) Colombo não fez ou deixou de fazer, o governo Moisés está fazendo. E o que não ficar pronto até 2022, será concluído antes, bem antes de 2026. Este não é um governo de deixar as coisas inacabadas. Inclusive essa (rodovia) que você citou até entre Vargem e Abdon Batista". Resposta que recebemos sobre demandas de infraestrutura aqui na Serra Catarinense, num comparativo de governos e obras sendo feitas e/ou por fazer.

CERRO AZUL - Se temos Cerro Negro no lado de cá da Região dos Lagos, agora temos Cerro Azul do lado de lá. Trata-se do Cerro Azul Hotel Fazenda que fez apresentação teste no último dia de julho. Lá estava tocando umas milongas meu colega de Rádio Clube FM, o cantor Éder Goulart. Ele fez relato empolgado do que viu no empreendimento do empresário Élvio Francisco Presa. Situado na SC-390, em Capão Alto (trecho asfaltado da estrada da Coxilha Rica) o hotel fazenda se situa no nível dos grandes do gênero no Sul do Brasil. Haveria de qualificação da mão de obra (até para não precisar 'importar' gente de fora para trabalhar no empreendimento) e uma adesão maior dos fazendeiros da região para ajudar criar um roteiro de turismo entre as fazendas, a partir do Cerro Azul. A pedra fundamental foi lançada no final de 2017 e nesta metade de 2021 o empreendimento já está lá pronto!

PARABÉNS, DOUTOR! - Destacar neste espaço a trajetória de atuação do advogado Celso Luiz da Silva Neves, com formação em Direito na atual Univali (Itajaí) nos tempos em que acessar o ensino jurídico era um desafio dos mais difíceis. Ao invés de 'garrar' o mundo, como profissional de Direito, optou por atuar aqui na região prestando serviços com competência inconteste. Nesses mais de 40 anos de atuação na atividade jurídica é daquelas pessoas que merece reconhecimento. Vida longa, Doutor!

DESPEDIDA - Parece que a gente tem se despedido de forma mais constante daqueles que a gente gosta. É assim com Gilmar Antunes de Córdova, falecido de maneira trágica e triste, no dever de ofício, de farda, na viatura, na labuta, servindo a gente, missão que escolheu para a vida. A caminho do meio século de existência que completaria no próximo 7 de setembro, Sargento Gilmar partiu deixando família, colegas de farda na PM, comunidade anitense e todos nós consternados. Perdemos um guerreiro!




correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos