Sobre o asfalto da SC-390

Edson Varela-789

Sobre o asfalto da SC-390

Há quem diga que a política atrapalha, retarda e até inviabiliza ações. Outros visualizam que é através da articulação política que se torna realidade determinadas demandas. Em relação ao asfaltamento entre Anita e Celso Ramos, as duas contextualizações têm sentido. Foram decisões políticas que atrapalharam, retardaram e inviabilizaram por, pelo menos quatro anos, o asfalto do trecho referido. A obra foi licitada, iniciada, mas o governo Colombo/Pinho fracassou no andamento, argumentando-se falta de dinheiro. Ora bolas, se não havia dinheiro, nem fosse feita a licitação. Daí não faz sentido o argumento, devendo prevalecer incompetência ou forças ocultas inviabilizando tal demanda.

Por outro lado, aqueles que veem a articulação política como solução para demandas, têm as razões no contexto da mesma obra. Um governador do qual pouco se esperava aqui para a Região dos Lagos (apesar da boa votação), nem veio, mas resolveu a pendência, autorizando a empresa Planaterra a retomar os trabalhos. O dinheiro que não havia os tempos de Colombo e Pinho, está custeando a tão necessária obra. Ou seja, a mesma política que inviabiliza, também torna realidade. Depende muito de quem é o gestor e de quem são aqueles na retaguarda 'vendendo' a importância de uma demanda. No caso em apreço, o asfalto nesse trechão até Celso Ramos.

QUARTETO NO TRECHO - Porque notícia boa não chama tanto atenção, mas levanta o astral, vale o registro feito pela equipe do Correio dos Lagos dos prefeitos Luizangelo Grassi (Zinho) e João Cidinei da Silva com o Secretário Adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli e o Assessor de Governo, Lucas Neves. O quarteto boleou a perna para a divisa entre Anita e Celso Ramos para conferir o estágio da obra de pavimentação. "Governador Moisés pretende conferir o andamento da obra antes da inauguração", citou Chiodelli, sem precisar data.

Prefeitos João Cidinei e Zinho com Chiodelli e Lucas Neves no trecho

QUANDO FICA PRONTA? - Integrantes da equipe do Governo do Estado não deixam de destacar o estilo de trabalho da Planaterra. Agilidade, pontualidade e qualidade naquilo que vem sendo feito. É o que se conceitua da atuação da referida empresa. Governador Moisés pretende inaugurar esse trecho de 25 km da SC-390 até 30 de junho do ano que vem. Mas se depender da empresa, as obras podem ficar prontas antes dessa data.QUANDO FICA PRONTA? - Integrantes da equipe do Governo do Estado não deixam de destacar o estilo de trabalho da Planaterra. Agilidade, pontualidade e qualidade naquilo que vem sendo feito. É o que se conceitua da atuação da referida empresa. Governador Moisés pretende inaugurar esse trecho de 25 km da SC-390 até 30 de junho do ano que vem. Mas se depender da empresa, as obras podem ficar prontas antes dessa data.

Prefeitos foram à divisa de Anita e Celso Ramos mostrar a obra aos representantes do Governo do Estado

INCREMENTO NA ARRECADAÇÃO - Com custos na ordem de R$ 38 milhões na pavimentação entre Anita Garibaldi e Celso Ramos, considerando um ISS na ordem de 2%, ambas prefeituras devem arrecadar durante os pouco mais de 20 meses da obra, mais de R$ 700 mil do referido tributo, Dinheiro que poderia ser investido em infraestrutura nos respectivos municípios.

Além do asfalto interligando os dois municípios, ISS garante boa arrecadação às prefeituras de Anita e Celso Ramos

LIGAÇÃO ANITA A VARGEM - Geralmente motivo de reclamações, o trecho (ainda de chão batido) entre Anita Garibaldi e Vargem (passando por Abdon Batista) se encontra numa situação, digamos, elogiável. A referência positiva das condições da SC-452 vem de usuários que utilizam o trajeto desde a BR-282 até a SC-390. Mas elogiável mesmo será quando o chão batido for dando lugar à pavimentação asfáltica. No trecho Abdon à Vargem o deputado Titon já garantiu que o asfalto sai. Falta articular esse pedaço da rodovia estadual entre Anita e Abdon.

NA PROSA EM ANITA - Aproveitando a vistoria nas obras estaduais aqui da Região dos Lagos, o Subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli foi convidado por Lucas Neves para uma prosa com Henrique Menegazzo, o candidato a prefeito do PSL que perdeu para João Cidinei por meros 141 votos. Menegazzo não deve permanecer no PSL, seguindo o mesmo rumo partidário do governador Moisés, Lucas e do próprio Chiodelli.

Chiodelli e Lucas Neves na visita à família Menegazzo

ASSIM, PREFEITO TITO - Em Capão Alto a dupla da equipe do Governo do Estado se reuniu com o prefeito Tito Freitas. Na pauta a análise de alguns projetos protocolados pela administração na esfera estadual. Foram feitas algumas observações para que aquilo pretendido pelo município tenha o retorno devido em âmbito de governo central.

Reunião atualizando dados sobre projetos de Capão Alto

PRÉVIAS TUCANAS - Embora Artur Virgílio esteja no jogo, polariza a disputa para saber quem do PSDB será o nome à Presidente: Dória ou Eduardo Leite? Que saibam nossos vizinhos do lado de lá do Rio Pelotas que a força maior dos tucanos catarinenses é pelo nome do governador gaúcho. Tanto que o ex-candidato a governador de Santa Catarina pelo PSD, Gelson Mérisio, esteve em Lages orientando filiados a se cadastrar para votar nas prévias em favor de Eduardo Leite. As prévias acontecem neste domingo, 21.

Merísio que trocou o PSD pelo PSDB orientando filiado a se cadastrar para votar em Eduardo Leite

PESQUISAS EM SC - Embora ainda faltem pouco menos de 45 dias para terminar o prazo a partir do qual não se pode divulgar pesquisas sem registro na Justiça Eleitoral, as consultas cessaram em Santa Catarina. Ninguém mais divulga levantamento perante o eleitorado. E esses continuam sendo feitos. Será estratégia ou índices ruins para aqueles que estão encomendando os levantamentos?

COLOMBO NO TRECHO - Enquanto a disputa eleitoral nesses pouco mais de 10 meses para os catarinenses irem às urnas pareça se polarizar entre Carlos Moisés e Jorginho Melo, a turma do 'não é bem assim' entra em cena. Haveria mais que terceira via em Santa Catarina. Talvez quatro, cinco vias para o eleitor. Numa delas está o ex-governador Colombo que, na semana passada esteve com Antídio Lunelli, aquele que pode ser o nome do MDB para a disputa. Colombo sonha um frentão com PSD, MDB e grande elenco, como naquela linha costurada pelo saudoso LHS. Problema é que se o MDB não vier com cabeça de chapa, a tendência está mais para Moisés que qualquer outro nome.

Lunelli e Colombo, além da semelhança na aparência, ambos têm algo em comum: Querem concorrer ao governo catarinense em 2022


BOLSONARO PEDE PRAZO - Presidente da República pediu três semanas para se decidir se vai se filiar ou não no Partido Liberal. Portanto, na primeira semana de dezembro se saberá o rumo partidário do 'mito'.

AGENDA - Prefeitos João Cidinei, Luizangelo Grassi, Milena Lopes, Fernanda Córdova (esta da cidade de Palmeira), têm agenda em comum neste sábado. Todos acompanham encontro estadual do PL programado para Lages sob a batuta de Jorginho Melo. Tem até surpresa sendo anunciada. O que será?





correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos