Um ano se passou e parece que nada mudou...

753

... Ou tudo mudou... A sensação que temos é que a vida está passando no modo automático para algumas pessoas, porém, para outras a vida é uma corrida contra o tempo, contra conseguir um leito de UTI, em conseguir um respirador... em conseguir se manter vivo.

Para algumas pessoas o vírus SARS CoV-2, nome científico para o coronavírus, continua sendo um jogo político, uma invenção, um vírus que só afeta quem não tem o super poder, visto nos filminhos da TV quando se é criança, e para outros é um vírus que MATA, um vírus que DEIXA SEQUELAS, um vírus que está levando pessoas à DEPRESSÃO, um vírus que está transformando a vida dos PROFISSIONAIS DA SAÚDE.

Decretos e mais decretos são apresentados semanalmente, restrições são impostas pelos governantes, a exemplo do estado catarinense que está restringindo algumas ações e atividades nos finais de semana, como se isso fosse impedir quem quer sair de casa e fazer festa, de realizar tal ato irresponsável.

A consciência de que faz um ano que vivemos uma pandemia e tudo indica que viveremos mais um, dois anos, é de cada pessoa, mas a responsabilidade de manter a ordem pública e exigir que medidas sejam tomadas é dos governantes, de quem cria as leis, de quem impõe as regras, sejam elas brandas ou mais rigorosas.

A lei também deve ser analisada num contexto diferenciado, a exemplo da preocupação da prefeita de Campo Belo do Sul em proteger seus alunos, paralisou as aulas e a "lei" a fez voltar atrás. Se pararmos para analisar num contexto geral com relação as aulas, uma porcentagem muito grande de alunos em todos os municípios está nas ruas, nas salas de aula e posteriormente dentro de suas casas, em convivência com pais, avós, tios, irmãos... Vale a reflexão!

Não cabe a nós, aqui, falarmos novamente dos cuidados que devem ser tomados diariamente, se em um ano de pandemia você ainda não está consciente do seu importante papel na prevenção dessa doença, não vai ser agora que você vai se dar conta disso. Mas somos insistentes em dizer que a responsabilidade da sua vida e de quem está ao seu redor é sua.

Lembre-se! Não temos mais leitos e o vírus está a um palmo de nossa respiração.




correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos