Prefeitura de Santo André descarta meningite como causa da morte de neto de Lula

02 Abril 2019 11:52:46

Arthur Araújo Lula da Silva morreu no dia 1º de março, aos sete anos

GaúchaZH

A prefeitura de Santo André, em São Paulo, confirmou na segunda-feira (1º) que a morte de um neto de sete anos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não foi causada por meningite, conforme divulgado por hospital à época.

Arthur Araújo Lula da Silva deu entrada às 7h20min de 1º de março no Hospital Bartira, da rede D'Or, com quadro instável, segundo boletim médico divulgado pela instituição. O quadro se agravou, e a criança morreu às 12h36min do mesmo dia.

De acordo com a nota da prefeitura, logo após a morte do menino, a Secretaria de Saúde local encaminhou amostras coletadas no hospital para análise e confirmação do Instituto Adolfo Lutz, na capital paulista. Ainda segundo a prefeitura, os exames descartaram "meningite, meningite meningocócica e meningococcemia".

"Todos os procedimentos de proteção e profilaxia dos comunicantes foram realizados seguindo os protocolos do Ministério da Saúde. Informações adicionais relacionadas ao caso dependem de autorização expressa da família da criança", diz a nota, que não indica o que teria causado a morte do menino. 

Procurada no fim de semana, a família do ex-presidente Lula não quis se pronunciar sobre o assunto.




correiodoslagos


EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos