Prefeitura de Anita Garibaldi implanta sistema de nota fiscal eletrônica

02 Fevereiro 2018 11:41:29

Kely Matos - 591

  Durante a manhã de quarta – feira (31), aconteceu uma importante reunião, promovida pelo Setor de Tributos da Prefeitura municipal de Anita Garibaldi, em parceria com a empresa Betha Sistemas. O objetivo da reunião é a implantação do sistema de Nota Fiscal Eletrônica para serviços prestados e livro eletrônico, sendo que Anita Garibaldi é o

  único município da região que não possui esse sistema.

  Reunindo empresários, colaboradores e contadores, o treinamento apresentou as funcionalidades do sistema. Segundo o fiscal de tributos da prefeitura, José Ademar de Oliveira, todas as empresas que prestam serviços no município deverão se adequar, ficando exclusa a exigência para os MicroEmpreendedores Individuais, porém o fiscal indica para que mesmo sendo MEI, este também se adeque ao novo sistema, que já está a disposição dos contribuintes a partir do dia 1º de fevereiro, porém, não tendo um prazo limite para implantação. 

  O contribuinte necessitará de acesso ao sistema através da internet, um link será implantado no site da prefeitura municipal, bem como, espaço no próprio site, direcionando também ao sistema da Betha. O contribuinte necessitará de um computador com acesso a internet e uma impressora. O sistema ainda não funciona por aplicativo no celular.

  De acordo com José Ademar, mais conhecido por Bilo, o município tem atualmente 7480 contribuintes cadastrados, porém muitos desses cadastros estão duplicados e será necessário um levantamento para identificar e enxugar esses números, o que acontece também são muitos cadastros com erros, nomes incorretos, sem CNPJ, CPF, o que dificulta o trabalho do setor de tributos. Durante a reunião o fiscal solicitou aos escritórios de contabilidade, para que façam um levantamento de todos os clientes, com dados completos, e estes sejam repassados ao setor de tributos, a fim de contribuir para essa atualização cadastral.

  As empresas já podem procurar o setor de tributos na prefeitura e esclarecer as dúvidas para iniciar a utilização do sistema. José Ademar que é o responsável por esse setor, diz que no início será difícil, pois ele também está aprendendo a trabalhar no sistema, porém é algo necessário e que irá auxiliar muito a modernizar. Lembrando que a partir do início da utilização da Nota Fiscal Eletrônica, não será mais disponibilizado a autorização para a confecção de bloco fiscal de modo manual, apenas as empresas MEI que estão isentas, poderão retirar a outorização, caso não optem pelo sistema eletrônico.

  O fiscal comenta ainda, que outro sistema será implantado, sendo o Cidadão Web, ali o contribuinte poderá acessar e emitir a Certidão Negativa Municipal, imprimir boletos para pagamentos de IPTU e demais taxas, entre outros serviços, porém esse sistema ainda será implantado.

  Bilo enfatiza também que provavelmente no mês de março, uma força tarefa será realizada no município a fim de fiscalizar os alvarás, tanto do município, quanto dos bombeiros e o alvará sanitário, e quem não estiver normalizado correrá o risco de ter o estabelecimento interditado.

  O analista de implantação do sistema Betha, Cristiano Medeiros Leandro, foi responsável pelo treinamento e esclareceu algumas dúvidas dos participantes.

 

Imagens



correiodoslagos


EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos