Campo Belo do Sul

Campo Belo no enfrentamento ao coronavírus

Thaís Soares - 711

Desde a segunda quinzena de março, com o enfrentamento da pandemia do coronavírus, a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Belo do Sul está trabalhando em prol da prevenção, adotando medidas de proteção para a comunidade e para a equipe de trabalho. O Correio dos Lagos realizou entrevista com a secretária de Saúde do município, Terezinha Branco de Moraes, a respeito da situação do coronavírus no município que registrou três casos suspeitos de covid-19, bem como sobre outros assuntos pertinentes à realidade da pandemia. Confira:

Correio dos Lagos - Dos três casos suspeitos registrados de covid-19, como procederam ao identificá-los? E quais os resultados dos exames?

Terezinha Branco de Moraes (Tere) - Quando a equipe detectou, diante de todos os protocolos utilizados, serem casos suspeitos, foram encaminhados para exame. Tudo foi realizado de acordo com as normas e rapidamente tivemos os resultados, sendo os três casos descartados.

Correio dos Lagos - Quais as medidas de prevenção adotadas pela Secretaria de Saúde? 

Tere - Tivemos que tomar algumas medidas, fazendo um escalamento com as equipes de todas as unidades de saúde, para poder proteger nossos profissionais, e por isso as Unidades de Saúde dos bairros tiveram que parar de atender para fazer essa escala, num período que não sabemos até quando; Adquirimos vários equipamentos de proteção individual para a equipe, o que não foi e não está sendo fácil pela falta no mercado; Colocamos carro de som nas ruas para passar informações à população e também através da Rádio Explosão; Providenciamos duas sanitizações, onde a cidade foi lavada com produtos adequados; Temos um plantão 24 horas que é formado por um médico e uma enfermeira, e o contato via telefone celular, número: 49 98811-8804, disponível tanto para ligação quanto pelo WhatsApp. As equipes ficam com esse telefone e quando são solicitados orientam e se for necessário vão até a residência do paciente; A nossa Vigilância Sanitária juntamente com enfermeiros, agentes comunitários de saúde e outros profissionais da equipe fizeram um trabalho muito bom de orientação ao comércio e distribuição de álcool gel.

Correio dos Lagos - Quais as orientações à população sobre prevenção? 

Tere - Incansavelmente, toda a equipe, com toda paramentação que se preconiza, estamos orientando a população na questão da prevenção fazendo o apelo que aqueles que podem fiquem em casa, e quando forem sair que saia uma pessoa só, para não haver aglomeração nos locais onde vão. Pedimos também o uso correto de máscaras e higienização das mãos com uso de álcool e lavar com frequência.

Correio dos Lagos - Houve alterações no atendimento da Unidade de Saúde? 

Tere - Orientamos para que as pessoas não venham até a unidade, que liguem, seja no celular do plantão ou no número fixo: 49 3249-1270 que vamos orientar e se necessário vir até a unidade a partir desse contato via telefone, o paciente recebe atendimento em uma sala especial, com toda proteção e seguindo as normas de prevenção para evitar o contágio do coronavírus. Se essa pessoa apresentar sintomas de suspeita de covid-19, irá para casa e fica sob os cuidados dessa equipe de plantão por 14 dias. Se for necessário outros encaminhamentos, a própria equipe está orientada para fazer. Esses casos são caracterizados como monitorados.

Correio dos Lagos - Como surgiu a ideia de fazer a atualização diária sobre o coronavírus no município? 

Tere - Pela importância de passarmos as informações corretas para a população, então a equipe achou por bem montarmos um boletim em que todos os dias, entre às 17h e 19h, divulgamos, inclusive pelas redes sociais oficiais, como está à situação em Campo Belo do Sul.

Correio dos Lagos - A Secretaria de Saúde planeja distribuir máscaras e álcool para a população? 

Tere - Gostaríamos de distribuir um kit com máscara, álcool em gel e sabonete líquido para todas as residências do nosso município, porém não encontramos recipientes suficientes para o álcool em gel e sabonete, então vamos distribuir, a princípio, para famílias que possuem pessoas acamadas, que usam oxigênio, até que a gente consiga os recipientes para distribuir para todos.

Correio dos Lagos - O município recebeu testes rápidos? E quais os critérios de aplicação? 

Tere - Recebemos poucos testes rápidos, mas o que recebemos está sendo o suficiente, porque não dá para sair fazendo testes rápidos de qualquer forma, tem todo um protocolo que precisa ser seguido, pois se fizer de qualquer maneira pode acontecer o tal de falso negativo. Outro ponto que torna suficientes os testes em nosso município é porque grande parte da nossa comunidade está ciente das normas de prevenção, como manter o distanciamento, higiene, embora tenham muitos ainda que não têm a consciência da gravidade dessa doença. A equipe fica monitorando e orientando praticamente dia e noite.

Correio dos Lagos - Foram aplicados testes rápidos nos dois últimos casos suspeitos registrados no município? 

Tere - Foram utilizados testes rápidos e também encaminhados para outro laboratório, para ter as duas comprovações.

Correio dos Lagos - A Região dos Lagos enfrenta o problema da estiagem, justamente nessa época em que a higiene é tão importante. Como Campo Belo está enfrentando esses dois problemas simultâneos? 

Tere - Fazemos um apelo para que as pessoas economizem muito a água, porém não deixem de lavar as mãos com frequência, limpar a casa, enfim de fazer a higiene adequada que claro, precisa muito do uso da água. Diante dessa situação grave na cidade e no interior surgiu à ideia de fazermos um levantamento das fontes de água existentes para realizar um trabalho de preservação das mesmas, para isso convidamos alguns parceiros para poder nos ajudar. O levantamento está sendo realizado com apoio dos agentes de saúde em parceria com a Prefeitura de Campo Belo, Secretaria de Agricultura, Epagri, Sicoob, Florestal Gateados e Baesa. A Prefeitura também está viabilizando através do Cisama na Amures a questão de perfuração de poços e, em alguns lugares, as máquinas da Secretaria de Agricultura estão trabalhando para tentar aumentar a quantidade água no interior.

Correio dos Lagos - Qual a importância do apoio da regional de saúde para o município e região? 

Tere - Lages tem dado um suporte muito bom para nós e para toda a região. A nossa região está bem cuidada, todos têm se dedicado, os secretários estão unidos e assim somos mais fortes e vamos vencer essa batalha. Só temos a agradecer e parabenizar o município de Lages por tamanho esforço que tem feito para atender toda a região.

Imagens


correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos