Rotary Distrito 4740 promove Super Live End Polio Now no dia 24 de outubro

Divulgação - 732

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou em 25 de agosto deste ano que a transmissão do vírus selvagem da pólio foi oficialmente interrompida em todos os 47 países da região africana. Este é um passo histórico e vital para a erradicação global da pólio, que é a principal prioridade do Rotary. Para continuar com esse trabalho de combate à doença, que se estende há décadas, o Distrito 4740 de Rotary International realiza a Super Live End Polio Now no dia 24 de outubro, data especial que simboliza o Dia Mundial de Combate a Poliomielite.

O evento online conta com a idealização do Rotary em parceria com os demais clubes da família rotária do Distrito: Rotaract, Interact, Casa da Amizade e Rota Kids. A intenção é unir família rotária e a comunidade das cidades compreendidas pelo Distrito para um momento de confraternização e doação.

A live inicia às 18h e terá a animação do Grupo Manahana. Na programação, informações sobre a pólio, depoimentos emocionantes de quem passou pela doença e sorteio de brindes. Será transmitida pelo canal do YouTube do Distrito 4740 e compartilhada nas páginas do Facebook do Distrito 4740 e do Jornal Correio dos Lagos. A estimativa é atingir cerca de 30 mil espectadores e sensibilizá-los para que contribuam com a campanha End Polio Now, seja comprando camisetas ou doando espontaneamente.

"Precisamos unir forças para erradicar a poliomielite, essa doença que ainda ameaça nossa sociedade. Todos podem ajudar e apoiar essa causa e, com certeza, vamos vencer essa luta. A Super Live End Polio Now é uma oportunidade para nosso Distrito e para nossa comunidade para se unirem e entrarem para a história do combate à pólio", destaca o governador de Rotary do Distrito 4740, Fernando Júnior Ambrosio.

Combate à pólio

A poliomielite é uma doença altamente infecciosa e afeta principalmente crianças menores de cinco anos de idade. O vírus da pólio, geralmente contraído pela ingestão de água contaminada, ataca o sistema nervoso e pode levar à paralisia. Embora não haja cura, a pólio pode ser prevenida pela vacina, que foi usada pelo Rotary e seus parceiros para imunizar mais de 2,5 bilhões de crianças no mundo inteiro.

Surtos de grande porte de poliomielite começaram a ser registrados em 1894. Depois da criação dos "pulmões de aço" para tentar salvar os acometidos pela doença, em 1960 a vacina contra a pólio foi licenciada para aplicação. Em 1979, Rotary Clubs decidem comprar e distribuir a vacina antipólio a mais de seis milhões de crianças nas Filipinas.

Já em 1985 o Rotary International lança o Pólio Plus, o primeiro e maior esforço coordenado do setor privado em apoio à saúde pública, com o objetivo de arrecadar US$120 milhões e, em 1988, com 350 mil casos anuais da doença ocorrendo em 125 países, o Rotary International e a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançam a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio.

Desde então, é registrada uma redução de 99,9% nos casos de pólio em todo o mundo. Há mais de dois anos, casos do vírus selvagem da pólio só foram registrados em dois países: Afeganistão e Paquistão. A pólio afeta principalmente os menores de cinco anos de idade. Enquanto a pólio não for eliminada completamente, toda criança correrá o risco de contraí-la.


Imagens



correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos