Três dias após tragédia no CT do Flamengo, incêndio atinge alojamento do Bangu

Fogo teria começado em um dos quartos e atletas não correm risco

GaúchaZH Esportes

Mais uma vez no Rio de Janeiro um incêndio provoca apreensão no noticiário esportivo. Três dias após a tragédia que vitimou 10 jogadores da base do Flamengo, no Ninho do Urubu, na última sexta-feira (8), a equipe do Bangu passou por momentos de angústia na manhã desta segunda-feira (11). 

Dois jogadores da equipe sub-20 descansavam no alojamento da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), localizado em Campo dos Afonsos, zona oeste do Rio, quando um dos quartos começou a pegar fogo. Os jogadores foram atendidos e encaminhados ao Hospital da Aeronáutica.

Em nota, o clube informou que o lateral-esquerdo Diego Casco e o zagueiro Matheus Rocha, ambos de 18 anos, não sofreram lesões graves e passam bem. Diego já foi liberado. No entanto, Matheus seguirá em observação por ter inalado fumaça. 

O time da primeira divisão do Campeonato Carioca vem realizando suas atividades no CDA, que possui estruturas como o Centro Olímpico de Treinamento da Aeronáutica (COTA). 




correiodoslagos


EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos