Anita Garibaldi

Aulas não presenciais e o processo de adaptação em Anita Garibaldi

Thaís Soares - 711

Desde o dia 27 de abril está em funcionamento na rede de ensino municipal de Anita Garibaldi, a plataforma on-line para a realização das aulas não presenciais com os alunos que têm acesso à internet da Escola José Borges da Silva. As demais unidades escolares localizadas no interior do município e os alunos da Escola José Borges sem acesso à internet, estão recebendo os conteúdos das aulas de forma impressa.

Nesse período de funcionamento, a Secretaria Municipal de Educação define como satisfatória a utilização da plataforma, embora seja algo novo e que está em processo de adaptação. "Como se trata de um sistema diferente, a adaptação não é tão rápida. Queremos que os pais busquem ainda mais, pois é um sistema que veio para ficar, mesmo com o retorno das aulas presenciais futuramente", disse a responsável pelo setor da educação municipal, Enia Scheuermam, acrescentando que está em estudo a nível de Fecam - Federação Catarinense de Municípios, como será o retorno das aulas presenciais após a pandemia, alertando para mudanças que podem ocorrer para evitar aglomerações.

A diretora da Escola José Borges, Dinamar Moreira e Silva, relata que todos os professores da instituição estão seguindo o planejamento anual e utilizando a plataforma, e contam com o apoio do técnico de informática Reinaldo Canani, o qual tem atendido também as dúvidas dos pais e alunos que entram em contato com o profissional.

Além da plataforma, os professores também têm utilizado o aplicativo WhatsApp para enviar e receber conteúdos e atividades, ou seja, o trabalho é realizado nos dois meios. Reinaldo explica a importância da armazenagem das aulas on-line: "Vamos armazenar as informações trocadas via WhatsApp para a segurança da comprovação das aulas on-line, mas o ideal é que todos utilizem a plataforma, porque é uma forma de banco de dados".

A partir da última semana, ficou definido que aqueles que utilizam a plataforma devem devolver as atividades pela plataforma, e quem utiliza o WhatsApp devolverá pelo WhatsApp. "Só precisam levar e receber o material na escola nas terças-feiras, aqueles que recebem conteúdo impresso, que realmente não tem como fazer pela internet. Já os alunos do interior que têm recebido o material através do transporte escolar, devem entregar para o transporte, assim evitaremos o descolamento dos pais", explicou a diretora da Escola José Borges.

Estão realizando aulas não presenciais, estudantes do 1º ao 5º ano, porém até o momento é apenas contabilizada a presença e não há avaliação, notas. Já a Educação Infantil, os alunos de 4 e 5 anos não têm acesso à plataforma, e têm recebido atividades complementares dos professores através de conteúdo pelo WhatsApp, para permanência de vínculos e contato.

"Pedimos o apoio dos pais para ajudar seus filhos nos estudos, tudo que vem acontecendo com a educação é algo alheio à intenção de qualquer pessoa ou administração, e a internet e os conteúdos impressos são as formas mais acessíveis encontradas para dar continuidade as aulas e amenizar as perdas da educação. Todos os professores, técnico de informática, diretorias das escolas e equipe da Secretaria de Educação estão à disposição para auxiliar e tirar dúvidas dos pais e alunos", concluiu Enia.

Quem necessitar de livros, desde o dia 18/05 está aberta a Biblioteca Pública do município.


Imagens



correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos