Saúde em foco nessa edição

727

Dois assuntos bem pertinentes são abordados nessa edição do Jornal Correio dos Lagos, os quais chamam a atenção diretamente à prevenção a saúde.

A realização de exercícios físicos por pessoas de todas as idades, vem ao longo dos anos sendo discutida e, cada vez mais se comprova, que ela está ligada diretamente a qualidade de vida e saúde das pessoas. Nesse período de pandemia, isolamento social ela é mais importante ainda, principalmente para dois grupos que praticamente estão em casa 24h por dia, que são as crianças e os idosos.

Os idosos, considerados grupo prioritário e de risco elevado, têm alguns agravantes que podem acarretar em outras doenças, como a depressão, ansiedade, além do sedentarismo e uma série de doenças que chegam com a idade e são tratadas com medicamentos, porém a realização de atividades diárias ou divididas em séries semanais ajuda na produção de hormônios capazes de controlar muitas doenças e auxiliar no bom funcionamento do corpo e da mente.

As crianças com tempo ocioso, permanecem mais tempo em frente a televisores, celulares, computadores, muitas vezes a alimentação desregrada acontece ali mesmo, sem o cuidado do que estão ingerindo e a falta de movimentação do corpo, consequentemente acarretará em problemas futuros, com adultos sedentários e doenças herdadas desde a infância.

Outro assunto ligado diretamente à saúde e abordado mais diretamente neste mês de setembro é a prevenção do suicídio, um assunto que por muitos anos se tornou tabu e pouco falado, por acreditar que ao falar sobre, poderia instigar outras pessoas a cometer o mesmo ato. De uns anos para cá, a perspectiva é analisada diferente e acredita-se que sim, falar sobre suicídio pode salvar vidas.

Uma pessoa com ansiedade, síndrome do pânico, depressão, entre outros sintomas aliados a esses sentimentos e doença, não é regra, mas pode sim desencadear pensamentos que a levem a esse fim. Se as pessoas que estão ao seu redor tiverem conhecimento do assunto e passarem a observar mais quem está próximo, suas reações, mudanças de comportamentos, tristezas, frases muitas vezes ditas com sentido conotativo, mas que na verdade querem chamar a atenção de quem está próximo. Se você conseguir perceber essas reações, avisos, você poderá ajudar a salvar uma vida, a dar novo sentido a quem precisa de sua ajuda.

Precisamos falar sim da prevenção do suicídio, mostrando histórias de superação, mostrando que a vida é feita de ciclos, uns bons, outros nem tão bons assim, mas que precisam ser superados e deles tirar todos os ensinamentos possíveis. É preciso mostrar que existem pessoas dispostas a ajudar a quem precisa e busca ajuda. Você que passa por momentos turbulentos, pode contar com essa ajuda de pessoas conhecidas, de pessoas estranhas, mas que estão preparadas para te escutar e te acolher com seus medos, tristezas, inseguranças e mostrar o caminho da felicidade e da superação.

Lembre-se sempre que, mesmo nos dias cinzentos, chuvosos, o sol está ali, aguardando o momento certo para brilhar e isso acontece com as pessoas que passam pelos dias cinzentos, mas que logo encontrarão o brilho do sol.

Seja luz por onde passa!




correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos