Fazer o bem sem olhar a quem

Por Jornal Correio dos Lagos - 670

Esse é um ditado muito utilizado por quem realiza trabalhos voluntários ou que beneficiam um grupo, uma instituição ou ainda uma comunidade inteira.

São pessoas que doam de seu tempo, disposição e fazem tudo isso com sorriso no rosto, por ser tão gratificante fazer o bem.

O Hospital Frei Rogério, de Anita Garibaldi, há anos tem passado por dificuldades financeiras, e isso sensibilizou a comunidade, além do que apresentou risco de fechamento, o que causaria imensos danos para o município e região. Promoções diversas em prol a arrecadação de recursos passaram a ser realizadas, e uma delas tornou-se um evento tradicional: o Costelaço beneficente à instituição.

No último sábado (03) aconteceu a 4ª edição, batendo recorde em arrecadação, com cerca de 35 mil reais de lucro limpo para a entidade. A causa nobre tem conquistado cada vez mais pessoas dispostas a fazer o bem.

O que traduz tudo isso é a palavra união, que fez, faz e fará a diferença sempre. Viver em comunidade é isso, pensar no bem comum.

Felizmente, esse gesto se repete em muitos lugares, onde há mobilização em prol de causas nobres. Frequentemente vemos nos municípios de nossa região atitudes como essa, que por ser inúmeras não temos como citar todas.

A retribuição de fazer o bem acontece de maneira natural, e só quem faz sabe explicar. Parabéns a todos que voltam seu olhar além, para ajudar quem mais precisa.


Imagens



correiodoslagos


EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos