A sorte foi lançada

728

Uma eleição atípica com pandemia, mudanças de datas e muitas incertezas que foram clareando no passar dos dias. Sem falar nas novidades, com trocas de nomes e coligações, mas eleição é assim, quanto mais quando se fala em eleição municipal.

Têm os que sonham uma vida inteira em comandar um município, têm os que caem de paraquedas e aceitam o desafio, os aventureiros e os que não abrem mão do desejo de ser candidato na cabeça de jeito nenhum. Muitos perfis que necessitam ser avaliados com cautela nesses próximos meses até o dia do povo ir às urnas.

Observamos que as mulheres estão cada vez mais buscando espaços na política e não porque os partidos precisam ter as cotas femininas, mas porque acreditam que a mulher também precisa dar a sua contribuição e seu conhecimento para governar um município. Dos nove municípios da Região dos Lagos, em cinco teremos mulheres concorrendo tanto de candidata a prefeita, como de vice.

Alguns nomes voltam à reeleição, outros nomes nunca assumiram uma cadeira nem no Legislativo.

Cabe ao eleitor avaliar as propostas, ideias e objetivos em benefício da comunidade. Esperamos que os projetos que já vêm sendo desenvolvidos nos municípios tenham continuidade e para aqueles que ainda estão em meio as dívidas e engatinhando no desenvolvimento.

Que os nomes apresentados busquem expor propostas que venham ao encontro das necessidades da população e no crescimento do município. Lembrem-se que terão quatro anos pela frente para mostrar para o que vieram e se as propostas não forem em prol de toda a comunidade, repensem suas ideias de gestão e saibam que estarão abdicando de muita coisa para se dedicarem a trabalhar para o povo.

Tanto aqueles que apresentaram seus nomes e suas ideias para governar o município como prefeitos e vices, como aqueles que buscam ocupar uma cadeira no Legislativo como vereadores, todos estarão trabalhando para o povo e cabe ao povo saber escolher quem quer que o represente nos próximos quatro anos.

A sorte está lançada, os nomes colocados a mesa, ou melhor, nas redes sociais e daqui a pouco com as fotos estampadas em santinhos circulando as casas, com visitas que muitas vezes acontecem de quatro em quatro anos. Mas lembrando que apesar das eleições ganharem as manchetes do jornal, a pandemia do coronavírus não acabou, e realizar aglomerações, visitas e o famoso chimarrão não poderá ser compartilhado, pois a saúde deve ser cuidada e as ações de prevenção a pandemia precisam continuar. Portanto, você candidato, faça sua campanha, mas respeite a si e aos eleitores, afinal a pandemia não acabou.




correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos