PARÓQUIA SANTA BÁRBARA

Anita Garibaldi Diocese de Lages

Fernando Junior Ambrosio

Prezados leitores (as), neste mês temos a grande oportunidade de refletir com vocês 
sobre o mês dedicado as vocações. Vocação é um chamado que Deus faz a cada um, a cada 
uma de nós e exige uma resposta nossa; vocação é chamado do pai através de seu Filho 
e nosso Irmão Jesus Cristo na força do Espírito Santo.
Todos nós temos um chamado em comum que é o chamado à vida, Deus nos chama primeiro à vida. Dentro da Igreja, a vocação pode ser entendida em três dimensões: a Humana, a Cristã e a Específica.
Dimensão Humana: é aquela vocação que recebemos gratuitamente de Deus; a primeira vocação do homem é o chamado à existência, é desenvolver a dignidade humana. A vocação humana é fundamental, pois sem desenvolvê-la é impossível sermos cristãos, pois antes de sermos cristãos, somos humanos; desse modo, devemos desenvolver todas as nossas potencialidades que foram dadas por Deus, em prol do semelhante, de uma sociedade mais justa e fraterna.
Dimensão Cristã: compreende todos os batizados; nesta vocação, o chamamento é para seguir Jesus Cristo, imitá-lo e ser como ele. A vocação cristã, independente de que a pessoa siga o caminho de ser padre ou freira ou assuma o matrimônio ou não, deve vir antes de qualquer escolha. Ninguém pode ser padre, por exemplo, se não for cristão; a pessoa tem de fazer a experiência de Jesus Cristo, o testemunho de Jesus, assumir os valores do Evangelho, depois sim, essa pessoa pode escolher ser padre ou outra função religiosa. Então, todo batizado, que se torna filho de Deus, deve assumir essa filiação, procurando imitar Jesus Cristo que foi o Filho muito amado de Deus Pai.
Dimensão Específica: são aquelas que caracterizam o estado de vida de uma pessoa. Temos a vocação laical, que é a vocação dos leigos que têm o objetivo de santificar o mundo, as estruturas sociais; a vocação laical tem várias subdivisões, como a do matrimônio, do leigo consagrado, do solteiro. Temos ainda as vocações dos ministérios ordenados, que são voltados aos fiéis que recebem o sacramento da ordem. Elas se subdividem em três dimensões: do diaconato, do presbiterato e do episcopado. Há também a vida consagrada, que são os homens e mulheres que se consagram observando os votos de castidade, pobreza e obediência e procurando viver o carisma de um fundador, como os franciscanos, por exemplo, seguem o carisma de São Francisco de Assis.
Por fim, há a vocação missionária, que é o chamamento àquele cristão que vai a uma terra distante procurando levar o Evangelho de Jesus, sendo que, tanto um padre, consagrado ou leigo pode participar dessa vocação.
Vamos vivenciar a nossa vocação com fé e muito amor! Feliz mês vocacional a todos (as).
Pe. Angelo Manoel da Cruz.


 

 



correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos