Fala Vereador

Jornal Correio dos Lagos

Fernando Junior Ambrosio

A partir dessa edição, os Vereadores pretendem levar à toda a população de Celso Ramos, informações sobre o trabalho e as suas competências. A proposta deste trabalho é trazer a população Celsoramense para dentro do Poder Legislativo e apresentar os trabalhos realizados pelos vereadores e também conscientizar a população sobre a importância do serviço público e do papel do vereador.

Os objetivos dessa coluna é de receber pedidos, sugestões, críticas, denúncias, prestar orientação em geral e passar informações sobre a importância de se melhorar a qualidade

de vida da população , através de Programas .


Esta edição os vereadores da oposição do Municipio de Celso Ramos querem falar de algumas indicações feitas durante este ano de 2009. Foram várias indicações feitas pelos vereadores Angela Burigo, Ivam Burnagui, Luisangelo Grassi e Nelso Mazzuco. Até o presente momento nenhuma indicação foi atendida pela admistração, fazendo com que o trabalho dos nobres Edis fique prejudicado. Vistos que são cobrados
pela população, pois recebe o salário e no entanto o trabalho fica prejudicado por não serem atendidos visto que o pedido dos vereadores e o pedido do povo que os procura. Muitas indicações não dependem nem de muito investimento como por exemplo a indicação pedindo a identificação dos veículos e máquinas da admistração pública, construção de um abrigo de embarque e desembarque de alunos núcleo Rafaela Suppi,

abrigo de passageiros na saída para Campos Novos, próximo a comunidade Imaculada Conceição, e outras que serão informadas nas próximas edições.

Estivemos conversando com o responsável pelo transporte do leite do município de Celso Ramos Senhor Valdevino Grassi, Transvalielo que hoje transporta para a coperativa de leite Lacto campos de Campos Novos. Segundo ele, as estradas do interior do município que da acesso aos produtores de leite, estão em péssimas condições de acesso. Na situação em que as estradas se encontram o Diretor da transportadora afirma que já pensa em parar com o transporte, visto que muitas residências não tem como o caminhão chegar. Isto está gerando um prejuízo muito grande com manutenção nos veículos, pneus e combustível, além do atraso na coleta do leite, fazendo com que os nossos produtores de leite tenham prejuízo ainda maiores pois o leite pode azedar na plataforma pelo aumento do tempo da coleta. Hoje são recolhidos aproximadamente 4.500 litros dia de leite pela Transvalielo e além dessa transportadora existem ainda mais duas tranportadoras que fazem a coleta, que somando as 3 num montante aproximado de 10.000 litros. O imposto desse produto e revertido para o município, então os vereadores entendem que deveria haver mais atenção mais interesse por parte do senhor prefeito com essa classe tão sofrida de hoje que é o AGRICULTOR, que tem no leite a sua renda mensal e por muitos como única fonte de renda.



correiodoslagos

EDITORIAS
1547797947.jpg

Rua Frei Rogério, 405, Sala 2, Centro, Anita Garibaldi, CEP 88590-000
Fone (49) 3543-0260

Redação: redacao@jornalcorreiodoslagos.com.br

Comercial: comercial@jornalcorreiodoslagos.com.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio dos Lagos